segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Onde estão os autarcas?


Este veículo eléctrico continua a circular em Almada semprt a prejudicar as pessoas e os moradores ao longo do seu trajecto. 
Prejudica porque faz um barulho ensurdecedor para as pessoas que se deslocam a pé nos arruamentos onde circula.
Prejudica os moradores que estão nas suas residências ao longo do espaço canal com o ruído e trepidação que provoca a sua circulação.
Prejudica os almadenses porque veio destruir a actividade económica e vivência da cidade tornando o espaço público lugar e esplanadas de cafés ao longo dos locais de passagem proibitivos para conversar.
Por tudo isto prejudica a saúde dos almadenses  e, mais grave:
Continua a prejudicar todos, porque os autarcas que foram eleitos para zelar por Almada e defender Almada, não têm respeito pela saúde das pessoas e pelo o direito que têm ao bem-estar nas suas habitações e à dignidade como seres humanos.
Revelam uma grande falta de respeito pela condição humana.

Até hoje e já lá vão dois anos, desde que foi eleita, não é conhecida publicamente qualquer acção ou intenção da Câmara Municipal  exigir a correcção das anomalias e pugnar pela saúde e bem estar dos transeuntes e residentes, nas suas habitações, devido ao ruído que este veículo provoca.

Almada com autarcas de costas voltadas para a população e para a cidade!

fotografia retirada da internet

sábado, 2 de março de 2019

Vândalos à solta em Almada

Consta que os vândalos que fazem este trabalho têm o aval e o  incentivo dos autarcas, para grafitagens e vandalizações a reboque, e assim destruírem  património público e privado (caso da foto).
Isto é tudo consequência da autorizada arte urbana, mas quando o fizerem que destruam a propriedade dos paizinhos e mamãs e não a propriedade de outros.
Não há autoridade para fazer estes vândalos pagarem a agressão à propriedade privada ou pública?
A democracia não elege, em princípio, gente para colaborar com vândalos.
 
Vândalo:  aquele que destrói ou danifica monumentos,edifícios ou objectos dignos de respeito

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Almada - Um ano de estagnação do pântano

O que justifica que quem destruiu a cidade de Almada e o concelho venha agora dizer, por ter perdido as eleições, que após um ano de PS+PSD na Câmara Municipal houve um ano de retrocesso?
Que dissessem que houve um ano de impasse, de marcar passo, de estagnação do pântano que a CDU/PCP deixou, compreender-se-ia.
Dizer que houve um ano de retrocesso é não ter consciência nem assumir responsabilidades sobre todo o mal que a gestão CDU/PCP trouxe para Almada e o concelho.
Só houve retrocesso porque o PS ainda não foi capaz de revitalizar Almada e de apagar os erros do PCP/CDU: a morte de Almada  e do comércio, o subdesenvolvimento da Costa da Caparica, o barulho do comboio, a perseguição aos automobilistas e moradores feita pela Ecalma, a sujidade e o lixo no espaço público e de pôr fim à praga dos grafiteiros que tudo sujam em Almada e pelo concelho.
Talvez o PS ainda sofra de um complexo de inferioridade relativamente ao PCP, devido à "superioridade moral" dos impolutos comunistas que metem medo só a quem se deixa amedrontar.

sábado, 29 de setembro de 2018

O Agressor MST

                                                                                     
Com a aquiescência do executivo camarário este veículo sobre rodas e sobre carris agride violenta e diariamente os almadenses.

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Limpeza Urbana

Preservar a limpeza de paredes e espaços públicos ou privados é uma preocupação do executivo municipal.

domingo, 23 de setembro de 2018

A imagem de Almada

Almada continua a acumular lixo no espaço público por recolher.
Isto é Almada!

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Boletim Municipal - Almada Boletim

O Boletim Municipal - Almada Boletim - continua lindo...PÁ!
Mas Almada continua, suja, triste e com muito má imagem visual para os que estão e visitantes, com tanta sujidade de grafitagem em prédios, muros, portas etc, etc e uma coisa  que apelidam de metro a fazer um ruído infernal quando se arrasta nos carris, sim arrasta, porque aquilo não anda nem desliza. Tudo como antes...miserável e imundice, um real índice de pobreza suburbana.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Com a mão na massa

Maria Emília adora ter massa na mão.
Sendo comunista sente-se mais realizada quando vê a Igreja  abençoar-lhe a massa.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Na boca do lobo

Sentaram-se à mesa com o inimigo.Repete-se a história

notícia do semanário semmais 10 ABRIL 2010

não é com vinagre que se apanham moscas e estes também foram caçados.
O requiem da câmara pelo comércio.

terça-feira, 6 de abril de 2010

Para aprender, quem for capaz

Isto é no estado do Rio de Janeiro, Brasil. Uma deputada com fibra.

À atenção dos senhores Deputados da República Portuguesa e Deputados da Assembleia Municipal de Almada.
Isto é a política a sério, que deve ser feita.
O resto é farelo.

terça-feira, 30 de março de 2010

A negação da política honesta

A oposição fez um pacto de não agressão à Câmara Municipal. É fundamental não estrilhar muito porque perdem-se alguns arranjinhos de onde vão escorrendo umas patacas para comprar supérfluos.
Oposição com rabos-de-palha não é oposição.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Reconstruir o Futuro

Blogue em construção.

ALMADA FOI DESTRUÍDA POR FORASTEIROS PEQUENINOS
Até Breve